/* Analytics ----------------------------------------------- */

Carl´s flying house – A casa voadora do filme Up

Introdução


Há sempre uma razão para se fazer um modelo em vez de outro.
Neste caso a escolha, ao recair sobre a casa do Carl do filme Up, tem a ver fundamentalmente com o ter gostado muito do filme e também devido às cores da casa que sendo derivada de um filme de animação bastante colorido e com tons fortes, mantém essa característica tendo as paredes pintadas de cores diferentes.

Certamente que os conhecem mas não resisto a deixar aqui as imagens dos personagens mais marcantes.




Este escuteiro gordinho (certamente por doses excessivas de hamburgueres e respectivos acompanhantes) tem, para mim, as expressões faciais mais bem conseguidas do cinema de animação.


O teimoso Carl, disposto por todos os meios a não deixar que a sua casa seja destruída pelo inexorável avanço da contrução de beliches de cimento (também conhecidos por prédios).


O cão Duc também ele viajante na casa voadora e a ave rara Kevin com um fabuloso colorido.

Enxerto do filme onde Carl e Russel se conhecem.


O modelo


Mais um desafio pois é mais um tipo de trabalho que é novidade para mim. Mas é exatamente isso que pretendo do modelismo, diversificar no tipo de modelos, nas técnicas e neste caso, através da criação.


No site da Paper Replika está disponível um modelo da casa voadora. Mas quanto a mim, com pouco detalhe pois quase tudo está impresso e sendo assim são poucas as peças (60). Outro senão, é as cores serem demasiado suaves, pouco vivas para o meu gosto.
Num blog alguém fez uma com um detalhamento maior mas não disponibiliza os desenhos. Então tive de meter mãos à obra e fazer tudo de novo a partir do CorelDraw e com base no modelo da Peper Replika.

O que modifiquei:

- Redesenhei tudo de novo;
- Reduzi a escala;
- Modifiquei totalmente as cores;
- Aumentei significativamente o número de peças detalhando individualmente as tábuas das paredes, as filas de telhas nos telhados, as janelas, portas e outros elementos.

Inicialmente tinha pensado em colocar texturas por exemplo nas tábuas, portas, etc. Mas desisti da ideia pois não gostei do aspeto, visto não corresponder a uma casa criada em desenho de animação.


Características:

Peças: Para já vou em 811
Comprimento:  81mm
Largura: 98,5mm
Altura:  ±100mm
Folhas de peças: 8
Formato: A4

Haverá certamente algumas correções a fazer numa ou outra peça mas só a montagem o dirá.
Não fiz uma primeira impressão a preto e branco para teste mas estou a pensar depois, com tudo certo, fazer uma versão a preto e branco para montar e pintar.


Os desenhos

Algumas imagens no Corel.


Algumas filas de telhas

Chaminé e uma das paredes

Uma das águas – furtadas e  as peças que fazem parte da janela.
Na janela, a peça 12a será aplicada por dentro da peça 12 e as restantes por fora. Este é um exemplo de como 0 peças passaram a 9.

Depois de ter mandado imprimir 7 folhas em papel de 180g e uma em papel de 160g, apliquei duas camadas de verniz nas folhas.


Algumas folhas




Vamos então começar a montagem...


A primeira peça a sair das folhas foi o chão para permitir ir confirmando as medidas das várias paredes que compõem a casa do Carl.




Agora vou construir todas as paredes e só depois colá-las ao chão e umas às outras.


A primeira, que corresponde ao lado esquerdo da casa.
Já colei as peças que formam as duas janelas e a moldura do rodapé é a próxima a aplicar.




Depois vão ser coladas todas as tábuas. De baixo para cima para se irem sobrepondo.




Metade, ou mais,  já está.




E a primeira parede está pronta.






Mais uma parede preparada, neste caso uma das paredes frontais.




Parede com porta principal e um pequeno alpendre.
Peças para a janela e porta.




E agora as tábuas.




Já preparada.




Mais uma parede, esta é 3 em 1 pois na verdade são 3 paredes cada uma com a sua janela.




E muitas tábuas




E mais uma finalizada.




Agora a construção das paredes para o lado direito da casa.
Uma parede estreita com uma pequena janela e as caixas de fornecimento dos serviços.






Depois uma em U.






E mais uma estreita para terminar o lado direito da casa.




A primeira das duas paredes das traseiras.




Concluída.




A última parede, a da porta das traseiras.






Todas as paredes prontas a serem unidas.




União das paredes.


Primeiras duas.




A união quer entre paredes, quer das paredes ao chão foi feita com abas de colagem criadas para o efeito.




Mais uma




Mais duas para o lado direito da casa.




Mais paredes coladas.




As duas paredes que faltam terão de ser feitas de novo com outras medidas pois no início não deixei bem definido o posicionamento das colunas e balustrada do alpendre.
Portanto as duas em cima à direita irão ser modificadas.




Coloquei também um reforço para colagem do chão do alpendre e apoio das paredes.




As paredes que faltavam. Primeiro o chão do alpendre e dois barrotes.




E depois as paredes.




Mais um barrote na esquina. Apliquei um reforço no teto do alpendre para que fique bem direito.




Barrotes e teto montados no modelo.




O próximo passo é a aplicação das balaustradas.
A primeira é a que fica na lateral.




Depois a frontal.




E depois a finalização dos pequenos barrotes junto ao teto.




Vou subir para o andar de cima que na verdade corresponde a umas águas-furtadas.
Nesta temos 3 mansardas, duas nas zonas salientes da casa e uma inserida no telhado.
Vou começar pelas duas primeiras.


O chão das duas.




Que foram aplicados nas paredes salientes da casa.






Mansarda frontal

Em 2D (não considerando a janela, já montada)





Em 3D




Telhas da parte frontal prontas a aplicar.




Primeiras filas




Chegando ao meio




Tudo coberto




Depois o lado esquerdo




E finalmente o lado direito




Segunda mansarda




Telhas para a frente




Depois de aplicados os conjuntos de telhas na frente, na esquerda e na direita, a mansarda está terminada.




As duas mansardas prontas para adicionar ao modelo.




O passo seguinte foi a aplicação das mansardas no modelo. Primeiro a da frente.




E depois a lateral.




Primeira parte do telhado. No interior um reforço igual à da espessura do telhado para permitir aceitar um pouco de pressão quando as telhas forem coladas.




Já colado.








Mais uma parte do telhado, agora sobre a mansarda do lado direito da casa.




Antes de fechar completamente o interior, coloquei dois pedaços de imã obtidos a partir do interior da borracha de isolamento das portas dos frigoríficos.
Assim a casa pode ser individualizada relativamente à base em que vai ficar.








Então montei mais duas águas do telhado.






A última mansarda.




E o respetivo telhado.






A chaminé.
Inicialmente não tinha previsto individualizar os tijolos. Mas já que tudo no exterior é individualizado!
As fitas de várias cores de onde vou retirando os tijolos.




Tijolos aplicados e preparada para colar a peça do interior da chaminé.




Já no telhado da casa.




Primeiras telhas.






Colocação das telhas. Lado direito completo.




Falta só montar as telhas de topo.






Telhado terminado.
Enquanto as telhas montadas até aqui são peças com uma fila de telhas, as telhas de topo são individualizadas.










Alguns algerozes para o escoamento de águas do telhado.
Nas traseiras




No lado direito.




Agora a escada de acesso nas traseiras.




E para o acesso à porta principal, aqui com corrimão.




E a última peça a montar na casa. A mangueira.




Casa terminada


















A casa está terminada mas ficará certamente mais bonita inserida no jardim do Carl 
Assim vou avançar para a construção do jardim.


Cortei uma base em K-line e apliquei dois pedaços de serra para que os imãns colocados no interior da casa a fixem à base.




Então colei por cima a peça que corresponde à base.




Fiz algumas bolas com papel normal (80gr) e pintei a verde com acrílico.




Depois de prontas colei na base.




Recortei e pintei os bordos de corte de algumas peças de flores...




E colei nas bolas de papel. As flores do jardim do Carl estão prontas.










A cerca de madeira


Para proteger o jardim a casa do Carl tem uma cerca de madeira. Aqui está ela.
Peças já preparadas.




E montadas nos respetivos locais.






Com a casa no sitío.








Não estava a pensar fazer a caixa do correio mas um modelista de um forum perguntou se eu iria colocar a caixa.
Para  que ele não fique triste, adicionei a caixa com os nomes do Carl e da Ellie e as respectivas marcas das mãos.




E já agora acrescentei também o catavento...






Apliquei também relva no jardim.










Os balões


Criei um sistema em que, além de permitir retirar os balões da chaminé, é possível rodar o conjunto para que fique sempre de frente independentemente da parede que está voltada para nós.








Assim que coloquei os balões a casa começou a voar e quando saía pela janela ainda a consegui agarrar.




De volta à base.






O que ela era...




... e como ficou!










De novo com balões






Última foto
Muito obrigado a todos os que acompanharam a construção da casa do Zé Reis (sim era do Carl! Mas esta é minha!)


E porque é minha decidi deixá-la voar a caminho da América do Sul, em busca das quedas de água, como era desejo da Ellie.




Boa viagem...